Tudo sobre Laboratórios de Manipulação

laboratorio-de-manipulação

Seja para um composto difícil de encontrar em drogarias ou a procura de uma fórmula específica. As farmácias ou os laboratórios  de manipulação são uma boa pedida e estão sendo cada vez mais utilizados nos dias de hoje.

Mas afinal, vale a pena comprar medicamentos e suplementos nesses laboratórios?

É o que você vai saber agora. Vamos te explicar como funciona, as vantagens de optar pela manipulação e as regras de fiscalização de um laboratório de manipulação. Vamos lá!

Laboratórios de manipulação: como funcionam?

Muita gente talvez não saiba ao certo como funcionam esses laboratórios. O fato é que, algo desconhecido por nós sempre nos dá aquele receio.

Para quem não sabe, a manipulação de medicamentos é um rigoroso processo de mistura de componentes para alcançar uma fórmula.

Essa fórmula pode tanto ser um medicamento mais puro, com poucos conservantes,  um medicamento com a retirada de um componente específico que você tenha que evitar ou acréscimo de um elemento que você precise.

Já o laboratório de manipulação, é o local onde um farmacêutico faz essa mistura.

Mas para entender um pouco melhor vamos começar do início.

Um pouco de história

No Brasil, o presidente Getúlio Vargas incentivou a chegada de grandes indústrias da área farmacêutica ao Brasil em meados dos anos 40 e 50.

Com isso a manipulação de fórmulas entrou em desuso.

Somente a partir dos anos 80 que a manipulação de medicamentos começou a ficar mais conhecida no país.

Foi nessa época que teve a origem de diversas faculdades de farmácia, gerando um valor muito maior à profissão. Afinal, um profissional formado em farmácia atua não só no balcão de drogarias, uma de suas funções é também a manipulação de medicamentos.

Drogaria ou Farmácia, existem diferenças?

Sim. Existe diferença. E é justamente essa.

As drogarias comercializam os medicamentos comuns que no nosso linguajar chamamos de remédios alopáticos, significam que utilizam de compostos químicos em sua fórmula. Nas drogarias também costumam vender, itens de primeiros socorros, cosméticos e artigos de conveniência como chocolates e sorvetes.

Já as farmácias possuem os laboratórios de manipulação em seu interior, podendo manipular medicamentos convencionais alopáticos e medicamentos homeopáticos, que são medicamentos que utilizam apenas de compostos naturais (vindo de plantas) em sua fórmula. Algumas farmácias são especializadas apenas nos remédios naturais (homeopáticos).

No Brasil é comum ver o nome farmácia somente quando faz apenas a manipulação de medicamentos seja alopáticos ou homeopáticos.

Já nas grandes redes de drogarias é comum fazer os dois, a venda de medicamentos convencionais nas prateleiras e a manipulação de fórmulas com um laboratório centralizado para atender a todas as farmácias da rede.

Tanto nas drogarias quanto nas farmácias, um farmacêutico fica disponível para retirada de dúvidas e auxílio no uso de medicações.

Mas como vou saber que a fórmula tem que ser manipulada?

Manipulação com receita médica

Se o remédio que o médico prescreveu a você tiver que ser exclusivamente manipulado, ele pode informar isso a você no ato da consulta.

Porém, mesmo que o médico não diga nada a respeito, pode acontecer de você procurar esse medicamento em algumas drogarias e te informarem que só tem esse remédio manipulado.

O fato é que a medicação pode estar em falta ou a fabricante ter interrompido sua fabricação.

Como havíamos dito no início deste post, nesses dois casos a manipulação talvez seja necessária por conter um ingrediente na fórmula receitada, que não é encontrado no medicamento comum.

Mas eu só posso manipular com receita?

Manipulação sem receita médica

Algumas medicações podem ser manipuladas sem a necessidade de receita.

Caso a marca de um determinado remédio, de uso sem receita, estiver em falta na drogaria por exemplo, você consegue manipular sem receita em qualquer laboratório de manipulação de sua preferência.

Outro exemplo são os medicamentos homeopáticos, aqueles de que falamos que são feitos com substâncias extraídas da natureza, lembra?

Pois bem. A grande maioria desses medicamentos podem ser comprados sem receita.

Talvez você até tenha esquecido em casa a receita de um remédio ou suplemento natural. Se não houver restrições de algum ingrediente e você lembrar o nome deste medicamento, você consegue comprar até mesmo sem receita, dependendo de qual for.

Agora que você já sabe como funcionam os laboratórios de manipulação e como é feito este tipo de serviço vamos ao que mais interessa.

Quais são as vantagens de manipular?

A manipulação de medicamentos não está restrita somente a retirada ou acréscimo de um componente específico na fórmula como já citamos. As vantagens vão além disso e são fatores decisivos por quem opta pela manipulação.

Quantidade de comprimidos a sua escolha

Um dos receios ao ter que utilizar algum medicamento é: “Será que esse medicamento funciona?” “E se o meu organismo não aceitar bem esse medicamento?”

Essa é uma das principais vantagens de manipulação de fórmulas. Você pode pedir uma quantidade mínima de comprimidos ou cápsulas, para verificar possíveis efeitos colaterais, ou se realmente vai funcionar em seu organismo.

E ainda você pode evitar o desperdício de comprimidos. Isso acontece muito com os remédios comuns, que acabam sobrando no fim do tratamento.

Lembre-se, no âmbito da saúde uma coisa é regra: individualidade biológica. Cada pessoa tem uma química diferente em seu corpo, podendo se dar bem com um medicamento que algum amigo já falou mal por exemplo.

Diferencial do preço dos medicamentos manipulados

remedio-manipulado

Juntamente com o quesito anterior este é outro fator decisivo na vida de qualquer um.

Se você pode reduzir a quantidade de comprimidos por algum motivo, é natural que o preço tenha uma redução proporcional.

Além disso caso você precise de 90 cápsulas de um composto. Não necessariamente precisa comprar tudo de uma vez. Você pode mandar manipular de 30 em 30 capsulas por exemplo, sem precisar ocupar o limite do seu cartão parcelando o valor integral das 90 cápsulas.

Além disso, o preço dos remédios nas farmácias e laboratórios de manipulação é geralmente mais baixo do que o preço dos remédios alopáticos das drogarias. Nesses locais, o preço dos medicamentos, incluem taxas de comissionamento que vão desde a fabricante ao profissional que o receitou.

Os grandes laboratórios que produzem os remédios alopáticos em larga escala após realizarem todo o investimento de pesquisa, aprovação e produção visam altos lucros para satisfazer os seus acionistas.

Mas com todas essas vantagens você talvez ainda esteja pensando “Posso mesmo confiar nesses laboratórios?”

É o que você vai ver a seguir.

Laboratórios de manipulação: segurança e eficácia

remedio-encapsulado

Os laboratórios seguem rigorosamente as normas e resoluções da Agência Nacional de Vigilância Sanitária e do Conselho Regional de Farmácia, com a finalidade de garantir a você eficácia e segurança nos seus suplementos e medicações.

O monitoramento é feito em todos as etapas desde a retiragem da planta ou material químico até o encapsulamento.

Veja abaixo algumas regras seguidas nos laboratórios de manipulação.

  • Checagem da qualidade do fornecedor
  • Manutenção do local de armazenagem incluindo temperatura, iluminação, embalagens e material utilizado nos compostos
  • Limpeza e higienização dos funcionários, vestes, instrumentos e local de operação
  • Identificação e embalamento com data de vencimento, nome do paciente, dosagem do composto e informações de uso recomendado
  • Eficácia e cumprimento de prazos de entrega
  • Diversas formas de pagamento e preços com diferencial do mercado tradicional

Além do que, os laboratórios de manipulação atendem às normas de instalações físicas e controle de qualidade da RDC – Resolução da Diretoria Colegiada nº 607/2007 da Anvisa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *