Melatonina para dormir | Tudo sobre o hormônio do sono

melatonina-3mg

Melatonina para dormir? Sim considerado o hormônio do sono, ela é produzida naturalmente pelo organismo, mais precisamente pela glândula pineal, porem algumas disfunções podem fazer o corpo parar ou reduzir a sua produção e nesse momento é muito importante realizar a reposição através do medicamento manipulado.

A produção dessa substância se intensifica durante a noite, no escuro, o que leva as pessoas a dormirem bem.

A produção de melatonina também reduz ao passar dos anos, dessa forma algumas pessoas passam a apresentar distúrbios do sono após chegar na terceira idade.

Tenho insônia, onde posso encontrar a melatonina?

Por atuar diretamente na indução do sono, a melatonina passou a ser usada de forma sintética, por meio de medicamentos. A partir de então, muitas pessoas substituíram os medicamentos controlados, conhecidos como benzodiazepínicos, pelo hormônio do sono a fim de se livrar da insônia e das dificuldades para adormecer.

Compre Aqui

A melatonina no organismo humano

A melatonina para dormir, além de atuar como mediadora entre o dia (claro) e a noite (ambientes escuros), também trabalha nos processos de regulação endócrina de reprodução e regulação do sistema imunológico. Por ser responsável por promover a sensação de sono nos seres humanos, a produção desse hormônio aumenta significativamente em ambientes escuros. Isso faz com que fique mais relaxado e preparado para o descanso completo.

Em função disso, é sempre muito importante preservar o local de dormir, deixando-o livre de estímulo luminosos, sons, cheiros, frio ou calor. Qualquer um desses estímulos pode acelerar o metabolismo e impedir que a melatonina seja produzida de fora natural, dificultando o sono profundo.

5 benefícios da melatonina

Além dos benefícios relacionados ao sono, a melatonina também tem outras funções benéficas para o organismo:

  1. Ação antioxidante

A melatonina tem ótima ação como antioxidante, dessa forma ela auxilia na proteção dos radicais livres no organismo. O hormônio também auxilia outros antioxidantes em seu trabalho. Atualmente, diversos pesquisadores têm investigado o uso da melatonina em possíveis curas para doenças como o Parkinson e o Alzheimer.

  1. Controla a obesidade

A melatonina pode ser um forte aliado no combate a obesidade.

Estudos realizados comprovam que a Melatonina ativa moléculas que são encarregadas de reduzir o apetite, ela ainda aumenta o seu metabolismo e reduz a fome compulsiva à noite.

Ter uma noite de sono ruim pode causar ganho de peso, uma vez que isso fará com que o organismo busque alimentos ricos em açúcar e mais energéticos.

  1. Protege o sistema imunológico

Graças às propriedades da melatonina, o organismo se defende melhor contra doenças virais e estresses.

  1. Previne e combate enxaquecas

A melatonina pode ser eficaz no tratamento contra enxaquecas. O Hormônio promove a atuação da serotonina e da dopamina. Além disso, apresenta as já conhecidas propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias que atuam no combate às fortes dores de cabeça.

  1. Auxiliar no tratamento do câncer

Alguns estudos apontam o hormônio do sono como elemento benéfico usado junto a outros tratamentos no combate ao câncer. Em alguns casos de câncer do cólon, de mama, dos rins, cérebro e pulmão o hormônio, juntamente com a quimioterapia e a radioterapia o hormônio do sono pode ter tido papel anticancerígeno.

       

Alimentos: fontes naturais de melatonina

Existem alimentos que auxiliam na prevenção da insônia, porem para regular o seu organismo com a dosagem correta compre melatonina manipulada.

Veja os alimentos citados acima:

  • Mostarda;
  • Cebola;
  • Cereja;
  • Aveia;
  • Banana;
  • Erva-doce;
  • Coentro;
  • Nozes;
  • Amêndoas;
  • Castanhas-do-Pará;
  • Sementes de girassol;
  • Tomate;
  • Arroz;
  • Vinho tinto;
  • Cevada e
  • Goji berry.

Dosagens da melatonina

A melatonina é fornecida no mercado em diferentes dosagens. Consulte um farmacêutico para a prescrição correta da sua dosagem. Existem embalagens de 1 mg, 2 mg, 3 mg, 5 mg e 10 mg.

O nosso organismo quando está em pleno funcionamento produz cerca de 0,3 a 0,5 mg por dia, o medicamento irá resolver a carência do seu organismo.

Como tomar

Geralmente, o indicado é que o paciente inicie o tratamento usando a menor dose. Quando voltado para os casos de distúrbios do sono, o medicamento deve ser tomado, diariamente, cerca de 30 minutos antes de dormir. Caso o resultado desejado não seja alcançado, o ideal é consultar um especialista e verificar a possibilidade de aumentar da dosagem da melatonina.

Em alguns casos, os pacientes são orientados a tomar as doses mais altas do hormônio do sono. Mas, a superdosagem não é recomendada, portanto o ideal é que os níveis de melatonina no sangue fiquem reguladas.

Existem substâncias similares a melatonina para dormir como o Ramelteon e o Tasimelteon, eles prometem o mesmo efeito, porem a União Europeia não autoriza a sua comercialização por falta de comprovação científica dos mesmos.

O que dizem os estudos

A melatonina resolve quase todos os tipos de insônia, porem ela não é eficiente quando a insônia tiver outra causa, diferente da falta desse hormônio no organismo.

A melatonina também não resolve todos os casos de insônia crônica, no entanto ela não é prejudicial a saúde e resolve a maioria dos casos.

A melatonina se mostrou eficiente nos seguintes casos:

  1. Tratamentos dos efeitos do jet lag (insônia em decorrência da diferença de fuso horário);
  2. Insônias com níveis de melatonina abaixo do normal;
  3. Para regular o sono de quem trabalha à noite e precisa dormir de dia;
  4. Para regular o sono de pessoas com deficiência visual;
  5. Nas Síndromes do atraso das fases do sono – distúrbio que leva a pessoa a demorar para dormir e ter dificuldade para acordar, se tornando improdutiva pela manhã.

Efeitos colaterais

A ocorrência de efeitos colaterais após o uso é baixa. Geralmente, sintomas adversos são mais comuns em indivíduos que usam doses mais altas do hormônio (acima de 3 mg) ou pela presença de substâncias ocultas na fórmula.

Melatonina no Brasil

No ano de 2017 foi autorizada a comercialização de melatonina através de farmácias de manipulação. Desde então esse medicamento manipulado tem trazido ótimos resultados.

A Farmácia Universal de Belo Horizonte tem autorização para o fornecimento da Melatonina, peça a sua agora mesmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *